Cidadania Italiana: escolher a assessoria e encontrar grupos de apoio

Se você acompanhou todos os posts da série sobre Cidadania Italiana publicados até o momento, já percebeu que tem um longo caminho a percorrer pela frente.

Ao optar por fazer o processo de reconhecimento da cidadania italiana, sozinho ou com assessoria, no Brasil ou na Itália, você vai se deparar com algumas dificuldades e surgirão muitas dúvidas. Além disto, algumas etapas poderão ser muito trabalhosas e exigir doses de pesquisa e paciência.

Sendo assim, preparamos este post com informações úteis que possam ajudar na sua empreitada em busca do reconhecimento da Cidadania Italiana.

Processo de Reconhecimento da Cidadania Italiana

1. Onde posso encontrar informações sobre os assuntos mais complexos do processo de reconhecimento da Cidadania Italiana?

Nos posts anteriores, alguns assuntos foram mencionados, mas não foram esclarecidos por completo devido à complexidade do tema. Entre esses assuntos estão: o reconhecimento da Cidadania Italiana pela via judicial, o que fazer diante da ausência de documentos do antenato, decreto de naturalização e a CNN, eventuais erros que as certidões podem conter e como retificá-los.

Você pode encontrar a resposta para este tipo de dúvida em sites especializados no assunto espalhados pela internet ou, se preferir, adquirir o curso Gente Italiana, produzido pelo Rudy Frigeri Reis que, fazendo o caminho inverso dos antepassados dele, foi para a Itália ainda muito jovem. Rudy – que se formou pela Universidade de Padova – estudou a fundo as leis italianas e passou a trabalhar diretamente com o reconhecimento da cidadania italiana e já ajudou inúmeras pessoas a realizar o sonho de se tornar cidadão europeu.

2. Onde posso interagir com outras pessoas que também buscam o reconhecimento da Cidadania Italiana?

Com o aumento da demanda pelo reconhecimento da Cidadania Italiana e com a popularização da internet, pessoas com esse interesse em comum estão concentradas em grupos de apoio no Facebook.

Os grupos mais interessantes até o presente momento são:

Todos os grupos mencionados possuem muita informação útil para quem pretende começar ou está no meio do processo de Cidadania Italiana e vale muito a pena participar deles.

3. Qual o custo de um processo de reconhecimento de Cidadania Italiana?

Se por um lado o tempo no Brasil é demasiadamente longo, por outro o custo de fazer o processo de reconhecimento da Cidadania Italiana diretamente na Itália é relativamente alto. Obviamente que o custo de cada processo é relativo, mas existe uma média geral de ações necessárias e abaixo descreverei algumas delas.

Os custos com documentos serão iguais no Brasil ou na Itália. Se você souber a cidade em que o seu antenato nasceu, ótimo! Se não sabe e não conseguir encontrar por meio de mecanismos gratuitos na internet, é possível que você precise investir na pesquisa dessa certidão. Também gastará com possíveis custos do envio do documento da Itália para o Brasil.

Você precisará emitir a certidão em inteiro teor de cada membro pertencente à linhagem de descendência, então quanto mais distante for o antenato, maior será o custo com a emissão dos documentos. Além da emissão de cada documento em inteiro teor, saiba que será preciso traduzir cada um deles e também legalizá-los. Se os documentos estiverem em ordem será ótimo, mas se não estiverem, precisará arcar com despesas de retificação.

Se for fazer no Brasil, o próximo custo será com os serviços do Consulado. Se optar por fazer na Itália, acrescente os custos com passagem, passaporte, residência, alimentação e transporte. Se optar por fazer na Itália e com assessoria, acrescente os custos do assessor.

4. Como escolher uma boa assessoria?

Esse é um assunto delicado. Existem muitos bons profissionais, mas também existem muitos picaretas que não se importam em levar vantagem em cima de pessoas com pouco ou quase nenhum conhecimento e por isso, é preciso muito atenção.

Lembre-se que foi mencionado anteriormente nesse post sobre a concentração de pessoas em grupos de apoio na internet e isso é uma vantagem para quem está iniciando o processo, por isso aproveite desse recurso. No grupo Cidadania Italiana área livre há um post específico com dicas de assessoria elaborado por uma participante que é um verdadeiro manual obrigatório para ler antes de pensar na contratação de qualquer assessor. Para acessá-lo, é preciso ser membro do grupo.

Se gostou desse post e se ele de alguma forma foi útil para você, compartilhe com seus amigos nas suas redes sociais.

Catarina Spagnol

Catarina Spagnol

Catarina Spagnol é formada em Comunicação Social com habilitação em Publicidade e Propaganda. Mas gosta mesmo de escrever, de olhar para o céu e transcrever conselhos na terra, compartilhar aprendizados, poetizar as coisas do mundo, e se possível, aprofundar-se no grande emaranhado de fios que se costuram entre si para compor a misteriosa trama que é a vida. Atualmente, estuda Filosofia na Universidade Católica Portuguesa e costura palavras, tal como uma escriba a ouvir sussurros nos cantos do mundo.
Catarina é autora/colaboradora no Blog VTEnoExterior.

Um comentário em “Cidadania Italiana: escolher a assessoria e encontrar grupos de apoio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *