PB-4: 5 passos para obter o direito à assistência médica em Portugal!

No artigo Assistência médica gratuita para brasileiros no exterior explicamos o que é o CDAM – Certificado de Direito à Assistência Médica – também conhecido como PB-4.

O documento, que é emitido pelo Núcleo Estadual do Ministério da Saúde, garante acesso (quase) gratuito à assistência médica nos sistemas da rede pública de saúde em Cabo Verde, Itália e em Portugal.

Como vou passar uma temporada em Portugal, decidi solicitar o PB-4. Assim, caso precise, poderei utilizar os serviços de prestação de assistência médica da Previdência Social lá em terras portuguesas.

O processo, ao contrário do que imaginei, foi muito rápido e simples. Na verdade só não foi mais rápido porque devido a alguns contratempos particulares, cheguei ao Núcleo Estadual do Ministério da Saúde da minha cidade no final do expediente e a pessoa que deveria assinar o documento, já estava de saída.

Mesmo assim, o atendente foi muito atencioso, pegou toda a minha documentação e no outro dia, quando retornei, o PB-4 já estava emitido e assinado. Só faltava levar ao cartório para fazer o reconhecimento de firma da responsável.

PB-4: Certificado de Atendimento Médico (Portugal)

PB-4: o documento que dá direito à assistência médica em Portugal

Baseado na minha experiência, resolvi criar um passo-a-passo de como você deve proceder para obter o Certificado de Direito à Assistência Médica.

Passo 1 – Verificar qual o Núcleo Estadual do Ministério da Saúde mais próximo de você.

A relação completa dos Núcleos Estaduais do Ministério da Saúde responsáveis pela emissão do Certificado pode ser encontrada aqui.

Passo 2 – Verificar qual a documentação exigida

Para evitar transtornos, antes de dirigir-se ao Núcleo, entre em contato, via telefone, com o Serviço de Gestão Administrativa do órgão e verifique qual a documentação necessária para solicitar o PB-4.

No meu caso, para Portugal, o Núcleo Estadual do Ministério da Saúde da minha cidade (Campo Grande/MS) exigiu, somente:

  • CPF (cópia e original);
  • RG (cópia e original);
  • Passaporte (cópia e original);
  • Comprovante de residência (cópia e original);
Passo 3 – Levar a documentação completa ao setor de Recursos Humanos do Núcleo Regional;

Tenha o cuidado de levar a cópia e o original de todos os documentos solicitados. Para mim, na verdade, nem pediram o original mas, melhor ser prevenido e tê-los em mãos, caso necessário.

Passo 4 – Aguardar o preenchimento do PB-4 e a assinatura da responsável.

Você não deverá preencher nenhum documento. O próprio setor é que preenche o PB-4 e, após ser assinado pela chefe do Serviço de Gestão Administrativa, entregam a você.

Acredito que este processo pode variar (demorar mais ou menos) conforme a localidade. No Núcleo do Datasus de Campo Grande/MS, o atendimento foi muito rápido, como já citei, e o documento poderia ter sido entregue no mesmo dia.

Passo 5 –Reconhecer firma

Com o documento em mãos, dirigir-se ao cartório para fazer o reconhecimento de firma da assinatura da chefe do Serviço de Gestão Administrativa. O endereço do cartório será indicado pelos funcionários do Núcleo Regional do Datasus.

Simples, não é mesmo? Pois é, então agora você já sabe, quando viajar a Portugal para passear ou até mesmo para morar, não se esqueça de solicitar o seu Certificado de Direito à Assistência Médica (CDAM) e economize uma boa quantia com seguro de saúde internacional.

Ah, como prevenção, sugiro que você faça uma cópia autenticada do documento e mantenha em local seguro.

Marlise V. Montello

Marlise V. Montello

Marlise V. Montello é jornalista. Em 2014, começou a escrever o blog MeusRoteiros.com que tinha uma seção dedicada a assuntos de interesse dos brasileiros residentes no exterior. A seção fez tanto sucesso que a jornalista decidiu criar um novo blog, totalmente dedicado a este público. A ideia é levar informação de qualidade aos brasileiros que, por algum motivo, decidem viver fora do Brasil.

63 comentários em “PB-4: 5 passos para obter o direito à assistência médica em Portugal!

  • novembro 21, 2016 em 3:06 pm
    Permalink

    Boa tarde Marlise, td bem…se puder me ajudar agradeco desde ja….sabe me dizer se consigo tirar o PB-4, pois nao estou atualmente com a carteira registrada, isso podera impedir…obrigado e parabens pelo trabalho social.

    Resposta
    • Marlise V. Montello
      novembro 21, 2016 em 5:51 pm
      Permalink

      Olá Jorge,
      Como menciono no texto eu também não tinha carteira registrada. Portanto, acredito que você consiga sim.
      Boa sorte!
      Att, Marlise V. Montello

      Resposta
  • outubro 20, 2016 em 2:14 pm
    Permalink

    Olá meu nome é Maria,fiz o PB4 no ministério da saúde de Belo Horizonte dia 06-09-2016 hoje dia 20 de de outubro fui ao sentro de saúde aque de portimao no Algarve para fazer o cartão e a senhora que me atendeu me disse que esse seguro não vale mais aque é que agora não é mais PB4 e sim PB3,estou sem saber o que fazer por que preciso deste cartão para apresentar no SEF,liguei no ministério da saúde em Belo Horizonte e não atendem liguei no de São Paulo e me disseram que sim é válido liguem também no consulado brasileiro aque no Algarve e a senhora me disse que sim é válido, agora estou aque sem saber o que fazer, alguém tem alguma informação a esse respeito? Por favor

    Resposta
    • Marlise V. Montello
      outubro 21, 2016 em 10:03 pm
      Permalink

      Olá Maria,
      Até onde eu sei o PB4 é válido sim, inclusive eu mesma fui ao Centro de Saúde há dois meses com o documento. Infelizmente em Portugal as informações são bem desencontradas. Sugiro que você volte ao Centro de Saúde e fale com outro atendente. Muito provavelmente a informação será diferente.
      Att, Marlise V. Montello

      Resposta
  • outubro 19, 2016 em 12:50 pm
    Permalink

    Maravilhoso! Obrigada pela ajuda, Marlise! Gostaria de tirar outras dúvidas. Pode me contatar por e-mail?

    Resposta
    • Marlise V. Montello
      outubro 19, 2016 em 3:30 pm
      Permalink

      Olá Jéssica,
      Envie suas dúvidas para o nosso e-mail ([email protected]). Se eu puder ajudar…
      Att, Marlise V.Montello

      Resposta
  • setembro 23, 2016 em 8:13 pm
    Permalink

    Ola boa noite, gostaria de sabe se estando ja em Portugal, poderia conseguir o PB4 e de que maneira?

    Resposta
    • Marlise V. Montello
      setembro 26, 2016 em 7:39 pm
      Permalink

      Olá Marcia,
      Sinceramente não sei. Entre em contato com o órgão responsável no Brasil e pergunte a eles se outra pessoa pode solicitar para você. Até onde sei, o PB4 só é emitido no Brasil.
      Att, Marlise V. Montello

      Resposta
  • setembro 16, 2016 em 12:15 am
    Permalink

    Olá, Marlise!
    Quero aproveitar para elogiar o atendimento do Senhor Almir, da Divisão Regional do Rio. Muito além da eficiência, ele foi extremamente gentil! O documento ficou pronto em minutos!

    Resposta
    • Marlise V. Montello
      setembro 17, 2016 em 10:53 pm
      Permalink

      Olá Andrea,
      Que bom, eu também fui muito bem atendida na minha cidade!
      Se estiver vindo passear em Portugal e precisar de alguma dica, entre em contato conosco por e-mail ([email protected])
      Podemos ajudar com hotéis e roteiros.
      Att, Marlise V. Montello

      Resposta
    • outubro 24, 2016 em 9:11 pm
      Permalink

      Andrea, quais documentos você levou? Os mesmos da autora do post?

      Resposta
  • setembro 14, 2016 em 9:27 pm
    Permalink

    Muito obrigada pelas informações! Vou tentar obter o PB4 amanhã e depois retorno para comentar.

    Resposta
    • Marlise V. Montello
      setembro 14, 2016 em 10:29 pm
      Permalink

      Olá Andrea,
      Por nada, é bem simples, você vai conseguir!
      Volte sempre ao blog!
      Att, Marlise V. Montello

      Resposta
  • setembro 7, 2016 em 9:17 pm
    Permalink

    Marlise você que trabalha com roteiros de viajem pode me dizer como seria uma passagem, que eu tivesse direito de adiar meu retorno sem ter muito gasto, ouvi falar de uma passagem área plus, mais não sei como funciona. vou ficar em Porto.
    brigadinho!

    Resposta
    • Marlise V. Montello
      setembro 10, 2016 em 9:54 pm
      Permalink

      Olá Maria,
      Sim, há tarifas diferenciadas. As tarifas mais baratas em geral não permitem remarcação ou, quando permite, você acaba tendo que pagar uma grana alta para mudar. Existem outras que você paga um pouco mais caro na passagem mas, em compensação, você tem direito a alterar as datas e tal. Funciona igual no Brasil.
      Dá uma olhada quais são as tarifas da companhia aérea que você está comprando. No site deles deve haver uma explicação sobre as taxas de remarcação e tal.
      Att, Marlise V. Montello

      Resposta
  • setembro 5, 2016 em 3:21 pm
    Permalink

    Olá Marlise estive em Portugal, e tirei o pb4, a informação que sei é: não precisa esta contribuindo no momento para obter o pb4. pois estou sem trabalho há mais de um ano, no caso já fui contribuinte,

    Mais a minha Pergunta querida é?
    Vou entrar novamente em Portugal, com passagem com validade de 20 dias, íntensiondo ficar os 90 dias, e estender minha estadia por mais 90 dias depois, só sei que precisarei da passagem de retorno valida mais a carta convite, mais erá que o SEF aceita o pb4 como seguro saúde no caso de estender minha estada estando como turista? Agradeço.
    Obrigado!

    Resposta
    • Marlise V. Montello
      setembro 6, 2016 em 8:45 am
      Permalink

      Olá Maria,
      Infelizmente não tenho como responder sua dúvida. Estou tentando obter outras informações sobre o PB-4 mas confesso que é bem complicado conseguir descobrir as coisas em Portugal.
      Att, Marlise V. Montello

      Resposta
      • setembro 7, 2016 em 4:04 am
        Permalink

        oii Marlise. ja recebi a resposta. o pb4 e aceito na fronteira de Portugal, Italia, e cabo verdeem outros paises precisa- se de um seguro viajem particular. so lembrando que o pb4 nao cobre translado de corpo e extravio de bagagem. se caso acontecer. bjs.obrigado pela atenção.

        Resposta
        • Marlise V. Montello
          setembro 7, 2016 em 2:54 pm
          Permalink

          Obrigada pelo retorno Maria,
          Vou acrescentar esta informação ao post. Quanto a você ficar mais 90 dias em Portugal, fica de olho no blog porque vou publicar um artigo ainda esta semana sobre isto.
          Att, Marlise V. Montello

          Resposta
    • outubro 2, 2016 em 1:00 pm
      Permalink

      Maria, bom dia!

      Estou quase na mesma situação que você, e o que li e pesquisei é que independente o tempo que vai ficar com pb4, ele é válido por 1 ano, depois disso vc tem que renová-lo. Pelas pesquisas que fiz vc estando ou não com o seguro saúde, não influencia na emissão do visto, e sim na hora de entrar no país pelos órgãos alfandegários, e também na gratuidade de acesso aos serviços públicos de saúde de Portugal.

      Resposta
      • Marlise V. Montello
        outubro 3, 2016 em 9:38 am
        Permalink

        Pois é, não é fácil obter infomações nos órgãos públicos aqui em Portugal. Já tentei no mínimo 3 vezes, sem sucesso. Parece que os atendentes têm medo de dar informação. E, também, cada posto de saúde funciona com suas próprias regras.
        Mas uma hora eu consigo.
        Att, Marlise V. Montello

        Resposta
  • setembro 1, 2016 em 2:20 am
    Permalink

    Olá Marlise,

    Eu li algum comentário aqui que o PB-4 vale por um ano. No entanto estou com uma carta de aceitação na Universidade de Lisboa e meu mestrado tem duração de 18 meses, um pouco mais que um ano. Será que eles fazem maior validade mediante essa carta? sabe algo disso?
    Grata

    Resposta
    • Marlise V. Montello
      setembro 1, 2016 em 2:04 pm
      Permalink

      Olá Miriam,
      Infelizmente não sei te informar se é possível emitir o PB-4 com uma validade maior. Só entrando em contato com o órgão responsável no Brasil mesmo.
      Att, Marlise V. Montello

      Resposta
    • setembro 5, 2016 em 2:57 pm
      Permalink

      Olá Miriam, Verdade, o pb4 é valido por apenas 1 ano, mais se você não vai estar no Brasil e não pode renova-lo, deixe uma procuração para alguém que possa renova-lo o pb4 aqui no Brasil, quando acabar o prazo do que você já tem em mãos.ok

      Resposta
  • agosto 27, 2016 em 1:11 am
    Permalink

    Marlise, uma dúvida, precisa ser segurado do inss para pedir o PB-4? Fui demitida em Julho e viajo a Portugal em outubro…

    Resposta
    • Marlise V. Montello
      agosto 27, 2016 em 11:34 am
      Permalink

      Olá Gracielle,
      Na minha cidade, onde emiti, disseram que não é preciso. Creio que isto é válido para todo o Brasil.
      Att, Marlise V. Montello

      Resposta
  • agosto 26, 2016 em 5:55 pm
    Permalink

    Olá. Preciso obter esse documento o mais rapido possível. Mais a cidade o eu conseguria fazer fica a 8horas de viagem da minha cidade. O eu faço?

    Resposta
    • Marlise V. Montello
      agosto 27, 2016 em 11:35 am
      Permalink

      Olá Harlon,
      Infelizmente não tenho como te ajudar. Entre em contato com o órgão mais próximo e tente se informar se há alguma forma de obter o documento na sua cidade.
      Att, Marlise V. Montello

      Resposta
  • agosto 19, 2016 em 12:10 pm
    Permalink

    Ola …gostaria de saber como faço pra fazer isso ….mas so q ja estou aqui em portugal…ha quase tres meses …..por favor

    Resposta
    • Marlise V. Montello
      agosto 19, 2016 em 5:21 pm
      Permalink

      Olá Catia,
      Você deveria ter pedido antes de viajar. Vou tentar me informar mas acredito que você não consiga obter o PB-4 em Portugal.
      Att, Marlise V. Montello

      Resposta
      • outubro 2, 2016 em 1:08 pm
        Permalink

        Marlise, bom dia!

        Tente uma procuração via consulado brasileiro aí, talvez vc consiga daí de Portugal passar para a pessoa aqui no Brasil fazer o pb4 pra voçê, não sei se é possível, mas é uma tentativa que pode dar certo, acesse o site do consulado brasileiro ( pesquise pelo google). Lembrando que aqui no brasil cada órgão público existe pessoas e as mesmas utilizam critérios diferentes para cada caso. Recentemente passei em três cartórios para efetuar um simples reconhecimento de assinatura e cada atendente me falou uma coisa, foi difícil mas consegui. Um abraço.

        Resposta
        • Marlise V. Montello
          outubro 3, 2016 em 9:36 am
          Permalink

          Olá Kleber,
          A dúvida não é minha, mas de um dos meus leitores. Obrigada pela sugestão, vou dizer para ele(a) tentar isto.
          Volte sempre ao blog.
          Att, Marlise V. Montello

          Resposta
  • agosto 9, 2016 em 11:52 am
    Permalink

    Bom dia pessoal,
    Retirei ontem meu PB4 em João Pessoa – PB. Os documentos que foram solicitados foram:
    Cópia do RG, CPF, Passaporte e comprovante de residência (de preferência de água ou luz).
    As atendentes do setor foram muito atenciosas e facilitaram muito a retirada do documento que ficou pronto em uns 20 minutos.
    Muito obrigado pelas informações Marlise.

    Resposta
    • Marlise V. Montello
      agosto 9, 2016 em 10:35 pm
      Permalink

      Olá Fabrício,
      Que bom que você conseguiu obter o PB4.
      Estou tentando obter mais informações sobre como utilizá-lo aqui em Portugal mas confesso que ainda não encontrei alguém com muita boa vontade p/ explicar. Mas amanhã vou voltar ao Centro de Saúde e vou perguntar novamente para poder escrever um artigo mais detalhado sobre isto.
      Se precisar de algo quando estiver em Portugal, contacte-nos.
      Att, Marlise V. Montello

      Resposta
  • julho 21, 2016 em 5:30 pm
    Permalink

    Ola Marlise, tudo bem?
    Meu nome é Ághata, sou do Paraná, e ganhei uma bolsa de estudos por seis meses em Portugal.
    Preciso do seguro de saúde mas é muito caro. Será que eu tenho perfil para conseguir ess benefício? É preciso fazer pessoalmente em Curitiba? E sou estudante, não trabalho, nao entendi onde me encaixo nos beneficiados citados.
    Aguardo muito por uma resposta.
    Muito obrigada pela atenção!!!
    Ághata.

    Resposta
    • Marlise V. Montello
      julho 23, 2016 em 10:52 am
      Permalink

      Olá Ághata,
      Sim, sendo brasileira você pode solicitar o PB-4. Para Portugal não é exigido que a pessoa seja segurado, está escrito no texto.
      Agora em relação à questão do atendimento eu estou pesquisando melhor em Portugal pois já ouvi diferentes versões, as coisas em Portugal são bem confusas, não há um padrão, cada lugar te dá uma informação diferente. Em breve deverei escrever mais sobre o assunto.
      Att, Marlise V. Montello

      Resposta
  • julho 13, 2016 em 7:06 pm
    Permalink

    Olá, Marlise!
    Você teve de entregar cópias autenticadas ou xerox comum?

    Obrigada!

    Resposta
    • Marlise V. Montello
      julho 14, 2016 em 9:57 am
      Permalink

      Olá Marina,
      Você leva cópias normais e o original, não precisa autenticar não.
      Att, Marlise V. Montello

      Resposta
  • julho 2, 2016 em 6:52 am
    Permalink

    Engraçado, não se faz nenhum tipo de exame não? É só mesmo documentações?

    Resposta
    • Marlise V. Montello
      julho 2, 2016 em 4:50 pm
      Permalink

      Exato Lucas,
      Você só precisa apresentar os documentos solicitados.
      Att, Marlise V. Montello

      Resposta
  • julho 1, 2016 em 1:07 am
    Permalink

    Que informações preciosas. Estou indo à Porto estudar por um semestre em 2017 e começo a antecipar as documentações. Sou marinheiro de primeira viagem ao exterior e iniciarei a busca por informações.

    Obrigado Marlise!

    Resposta
    • Marlise V. Montello
      julho 1, 2016 em 10:36 pm
      Permalink

      Olá Sildomar,
      QUe bom que as informações do blog estão sendo úteis para você. Se precisar de algo enre em contato!
      E volte sempre ao blog, tem sempre textos novos.
      Att, Marlise V. Montello

      Resposta
  • abril 25, 2016 em 5:13 pm
    Permalink

    Boa tarde !!
    Gostaria de saber se no documento está escrito que é valido somente para Portugal, porque irei para Portugal e depois até a Itália e a moça do DATASUS disse que para a Itália é necessário ser contribuinte do INSS mas que para Portugal não, caso esteja escrito que é valido somente para Portugal eu não conseguirei entrar na Itália e terei de fazer um seguro para esses dias em que estarei por lá!

    Resposta
    • Marlise V. Montello
      abril 26, 2016 em 9:11 am
      Permalink

      Olá Beto
      No meu PB-4 está escrito no canto esquerdo superior “DRICSS Portugal”. Logo, acredito que seja válido somente para Portugal. A informação que me deram foi de que Portugal não estava exigindo que a pessoa fosse segurada. Eu entendi que p/ a Itália sim, eles exigiam mas, não perguntei claramente. Sinceramente nucna me pediram p/ verificar que seu tinha o seguro quando entrei em países da Europa mas, como já me acidentei e graças a Deus tinha feito seguro, caso contrário gastaria muito dinheiro, aconselho que você faça. Ele é tão barato que vale a pena. Caso você não tenha ainda, eu sugiro o World Nomads, tem um preço bom e eu garanto que funciona porque utilizei.
      http://vistosedicasdeviagem.com/seguro-viagem-da-world-nomads-um-dos-melhores/
      Att, Marlise V. Montello

      Resposta
      • junho 26, 2016 em 7:58 pm
        Permalink

        Boa tarde. Obrigada por compartilhar as informações. Vou a portugal em Abril do ano que vem. Com quanto tempo de antecedencia posso pedir o PB4? Pois precisarei dele para o visto, certo?

        Resposta
        • Marlise V. Montello
          junho 27, 2016 em 6:21 pm
          Permalink

          Olá Maria Lucia,
          Brasileiro não precisa de visto para entrar em Portugal. Depende de onde você mora. Na minha cidade foi bem rápido mas não sei como é em São Paulo, por exemplo. Sugiro que você entre em contato com o órgão responsável, eles poderão te informar melhor.
          Se precisar de ajuda com a viagem, entre em contato conosco, trabalhamos com roteiros personalizados, ajudamos a encontrar passagens mais em conta, reservar hotéis, etc.
          Att, Marlise V. Montello

          Resposta
          • junho 27, 2016 em 6:36 pm
            Permalink

            Olá Marlise, obrigada pela resposta. Eu sei que Brasileiro não precisa de visto para entrar como turista. Mas estou tirando o visto de moradia. Mas agradeço assim mesmo pela sua gentileza e vou entrar em contato com o datasus. Se eu precisar de algo entro em contato sim! Grande abraço!

            Resposta
            • Marlise V. Montello
              junho 28, 2016 em 11:39 am
              Permalink

              Desculpa Maria Lucia, é que você só escreveu visto, eu concluí que era o de turista. 😉
              Volte sempre ao blog e compartilhe com os amigos!
              Att, Marlise V. Montello

              Resposta
  • fevereiro 21, 2016 em 1:19 pm
    Permalink

    Marlise, bom dia. Na minha cidade não tem o Datasus, moro no interior de São Paulo, eu preciso ir ate São Paulo para solicitar esse seguro??

    Resposta
    • Marlise V. Montello
      fevereiro 22, 2016 em 2:52 pm
      Permalink

      Olá Raquel,
      Acredito que sim. No texto há um link. Sugiro que você veja a agência mais próxima da sua casa e entre em contato com eles, pode ser que, eventualmente, você possa solicitar sem ir a SP.
      Att, Marlise V. Montello

      Resposta
  • fevereiro 18, 2016 em 11:50 am
    Permalink

    Oi, Marlise, ótimo post.
    Respondendo a algumas dúvidas do pessoal que comentou: realmente não é mais preciso estar/ter contribuído com o INSS para ter direito à assistência – foi o meu caso e do meu marido. Quando à exigência da passagem da viagem para emissão, realmente ouvi amigos que precisaram levar para comprovar a ida, mas em Fpolis não me foi pedido também. Depende de cada posto de atendimento.

    Aproveito para convidar ao meu blog, onde narro a vida (e a burocracia!) para se viver no Porto, sobretudo para quem vem com bolsa CIência sem Fronteiras:
    portugalsemfronteiras.wordpress.com
    abs!!

    Resposta
    • Marlise V. Montello
      fevereiro 18, 2016 em 9:11 pm
      Permalink

      Olá Marina,
      Obrigada pelo comentário. Vou dar uma olhadinha no seu blog sim.
      Att, Marlise V. Montello

      Resposta
  • fevereiro 16, 2016 em 12:50 am
    Permalink

    Oi, Marlise! Isso tem alguma relação com o seguro viagem?

    Resposta
    • Marlise V. Montello
      fevereiro 16, 2016 em 2:55 pm
      Permalink

      Olá Thainá,
      Relação não há MAS, vários leitores comentaram que ele é aceito no lugar do seguro viagem, caso você vá somente para Portugal. Vou averiguar e assim que confirmar a informação atualizarei o post.
      Att, Marlise V. Montello

      Resposta
      • setembro 28, 2016 em 4:11 am
        Permalink

        Olá, Marlise! Estou viajando com CDAM para Europa e entro por Lisboa, ficarei 4 dias e depois viajo à Paris e BCN.
        Será que corro o risco da Polícia de Imigração de Portugal me barrar por apresentar somente o CDAM?
        Será a minha primeira vez que vou utilizar o PB-4. Estive na Europa outras vezes e sempre comprei o Seguro Viagem mas, dessa vez gostaria de economizar. Até pq o valor aumentou depois da intervenção da SUSEP.
        Att, Jailson Gonçalves

        Resposta
        • Marlise V. Montello
          setembro 29, 2016 em 11:26 am
          Permalink

          Olá Jailson,
          Como vai? Olha, infelizmente não tenho como dizer para você se a imigração vai criar problema para você ou não por portar somente o PB4. O que posso te dizer é que você não deveria viajar sem seguro já que vai visitar outros países onde o PB-4 não é válido. Digo por experiência própria, já sofri um acidente na França e se não tivesse seguro viagem, teria desembolsado uma grana preta. Acidentes não escolhem lugar nem hora p acontecer.
          http://vistosedicasdeviagem.com/seguro-viagem-da-world-nomads-um-dos-melhores/
          Você comprou a passagem com cartão de crédito? Se sim, solicite o seguro deles. Dou esta dica neste post http://meusroteiros.com/seguro-viagem-internacional-nao-esqueca-europa/
          Se você precisar de dicas ou um guia de viagem em Lisboa, entre em contato comigo ([email protected]), posso ajudá-lo a aproveitar melhor o tempo e visitar lugares belíssimos em Portugal.
          Att, Marlise V. Montello

          Resposta
  • fevereiro 15, 2016 em 2:30 pm
    Permalink

    Olá, Marlise. Obrigado pelas dicas, sempre úteis!
    Eu estou planejando ir Portugal, mas estou em Dublin, Irlanda há seis meses. Como devo proceder? Consigo emitir o PB-4 na embaixada aqui em Dublin ou em Portugal?
    Abs
    Kleber

    Resposta
    • Marlise V. Montello
      fevereiro 15, 2016 em 4:51 pm
      Permalink

      Olá Kleber,
      Obrigada. Pôxa, boa pergunta! Sei que o documento é emitido no Datasus, no Brasil. Não tenho nenhuma informação se os consulados emitem, vou pesquisar.
      Mas, sugiro que você ligue no escritório mais próximo da sua região no Brasil (tem o link no artigo) e pergunte se alguém pode solicitar p/ você. Não precisei assinar nada, então talvez esta seja uma solução.
      Att, Marlise V. Montello

      Resposta
      • fevereiro 15, 2016 em 6:50 pm
        Permalink

        Kleber, para ter direito ao PB-4 é necessário está contribuindo para o inss. Quem não estiver contribuindo no Brasil como empregado ou autônomo não tem direito ao PB-4. Acho que esse é seu caso, já que vc mora na Irlanda.

        Resposta
        • Marlise V. Montello
          fevereiro 15, 2016 em 10:35 pm
          Permalink

          Eu também pensava assim Elísio. Mas ao que parece não existe mais esta exigência. Antes de dirigir-me ao Datasus eu liguei p/ me informar e eles me disseram que não precisava, tanto é, que emitiram p mim e eu não contribuo no momento.
          Att, Marlise V. Montello

          Resposta
    • julho 26, 2016 em 10:53 pm
      Permalink

      Kleber, você ainda está em Dublin? Meu marido e eu estamos na mesma situação. Tenho mais algumas dúvidas específicas, se puder por favor me contacte.

      Resposta
  • fevereiro 15, 2016 em 2:16 am
    Permalink

    Boa noite, com quanto tempo antes da viagem podemos solicitar?? Temos que levar as passagens tbm???

    Resposta
    • Marlise V. Montello
      fevereiro 15, 2016 em 4:53 pm
      Permalink

      Olá Marcia,
      Para mim não foi solicitada a passagem. O documento vale por um ano. O ideal é que você solicite um pouco antes da viagem para não correr o risco de não dar tempo. Mas, como falei, o meu saiu no mesmo dia.
      Att, Marlise V. Montello

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *